Escola Baronesa

“Eu sou Rosemaria Zardo, diretora e mantenedora da Escola Recanto Infantil Baronesa, tenho imenso prazer em recebê-lo em nosso site e agradeço a sua visita.
É com grande emoção que revivo a história da Baronesa, escola que me faz acreditar que educar está muito além dos conhecimentos técnicos adquiridos ao longo de um curso de pedagogia.”

É assim que começa a nossa história…

A escola Baronesa foi inaugurada em 1974 quando as colegas Nadyr Alves da Silva Bedin, Maria Helena Fávero Clemente e Maria Fernanda Mazziotti Barreto resolveram realizar um sonho compartilhado, inovar o conceito da escola de Educação Infantil. Afinal, naquela época a sociedade concebia a escola de Ed. Infantil como um lugar para deixar seus filhos, sem objetivos pedagógicos.

As educadoras com um objetivo comum, fundaram o Recanto Infantil Baronesa semeando com muito amor os princípios pedagógicos da instituição.

No ano de 1997, eu, Rosemaria Zardo, com grandes anseios educacionais passei a ser proprietária da Baronesa, até hoje atuando como diretora e mantenedora.

Como pedagoga iniciei a caminhada com o objetivo de desenvolver plenamente todas as potencialidades emocionais e intelectuais das crianças. Com determinação inovei a proposta pedagógica da escola Baronesa, oferecendo um ensino inovador, tornando a educação lúdica, prazerosa e o aprendizado mais efetivo.

O grande diferencial da escola Baronesa é o trabalho de envolvimento com a família, alunos e professores promovendo um ensino de qualidade, em um ambiente escolar acolhedor e transformador.

Tenho grande orgulho em compartilhar os meus sonhos de educadora com uma equipe pedagógica qualificada e comprometida. O nosso diferencial é mantemos um clima afetivo e tranquilo para favorecer a interação e o desenvolvimento das crianças.

Através de um trabalho amoroso, individual e sólido, proporcionamos experiências que promovem o conhecimento de si, do outro e do mundo.

Hoje, nossa missão é manter este sonho constantemente aceso, pois acreditamos no texto de Robert Fulghum:

“Tudo o que hoje preciso realmente saber, sobre como viver, o que fazer e como ser, eu aprendi no jardim de infância. A sabedoria não se encontrava no topo de um curso de pós-graduação, mas no montinho de areia da escola de todo dia.”